O que são Atividades Complementares?

on

Alunos da educação a distância podem solicitar o aproveitamento de Atividades Complementares até um semestre antes da conclusão do curso e no máximo faltando 60 dias para o final do semestre. Muitos dos discentes não sabem o que são estas atividades e acabam perdendo tempo e oportunidades, ou até, em muitos casos, a formatura no tempo previsto.

As Atividades Complementares constituem um conjunto de estratégias pedagógico-didáticas que permitem, no âmbito do currículo de graduação, a articulação entre teoria e prática e a complementação dos saberes e habilidades a serem desenvolvidas durante o período de formação do estudante.

Estas atividades são necessárias para a carga horária total do curso e está identificada no histórico do aluno no Módulo Acadêmico. Porém, não é preciso se matricular nela, como acontece com as disciplinas. Mesmo que o aluno tenha realizado mais disciplinas do que a carga horária mínima exigida no curso, ainda assim, precisa apresentar 200 horas mínimas de Atividades Complementares.

O processo de análise trata-se de trâmite demorado e os documentos recebidos com menos de 60 dias de antecedência ao término do semestre atual, não são analisados. Tendo então, o aluno, que adiar a tão sonhada data de colação de grau.

Para os discentes que entregam a documentação no tempo recomendado, caso tenham o pedido de aproveitamento indeferido, ainda é permitido o envio de nova documentação a fim de que seja feita uma reanálise do processo. Por isso, o ideal é que a análise seja realizada um semestre antes previsto para a colação de grau do aluno.

A conferência com o original é feita pela Coordenação do Polo ou Secretaria de Curso, que após esse procedimento, remete os documentos à Secretaria Acadêmica. Para isso, é disponibilizado formulário específico, que deve ser preenchido pelo aluno ou responsável do polo e anexado aos certificados e declarações. Documentos soltos e sem qualquer especificação correrão o risco de não sofrerem o transcurso necessário.

IMPORTANTE: Para que um certificado seja válido é preciso que venha especificando a carga horária da atividade, o nome completo do aluno e a assinatura do responsável pelo evento. Caso contrário, o certificado será indeferido. Se a atividade não emitir o certificado a tempo ou se faltar alguns dos dados indicados acima, uma declaração também será aceita, contanto que apresente os dados importantes já mencionados. 

 

Mas afinal, COMO ACONTECE O APROVEITAMENTO DE CARGAS HORÁRIAS? Entenda:

A Resolução Nº 7 do Conselho de Pesquisa, Ensino e Extensão (CEPE) prevê disposições de diretrizes e projetos pedagógicos de cada curso, assim como a relevância de formação social.

De modo geral, segue a relação de iniciativas que são consideradas atividades complementares, assim como a carga horária máxima para cada grupo de atividade, de acordo com o Art. 5º da Resolução Nº 07/CEPE/2005 :

I – Atividades de iniciação à docência, à pesquisa e/ou à extensão: até 96 horas pelo conjunto de atividades;

II – Atividades artístico-culturais e esportivas: até 80 horas para o conjunto de atividades;

III – Atividades de participação e/ou organização de eventos: até 32 horas para o conjunto de atividades;

IV – Experiências ligadas à formação profissional e/ou correlatas: até 64 horas para o conjunto de atividades;

V – Produção Técnica e/ou Científica: até 96 horas para o conjunto de atividades;

VI – Vivências de gestão: até 48 horas para o conjunto de atividades;

VII – Outras atividades normatizadas por cada coordenação de curso: até 48 horas para o conjunto de atividades (Acesse a página do seu curso em: www.ead.virtual.ufc.br >> Documentos e Formulários).

 

A SOMA DE ATIVIDADES 

É necessária a soma de um total de 200 horas, que serão analisadas pelo Coordenador de Curso e avaliará a compatibilidade da atividade com o Projeto Pedagógico do curso. Porém há um teto de aproveitamento para o conjunto de atividades, que estas se somam a outros conjuntos de atividades. Cada conjunto de atividades não pode ultrapassar a carga horária máxima para cada especificidade.

Exemplo: um aluno que realiza um curso qualquer, com duração de 300h, não terá, por certo, essas 300h contabilizadas para o aproveitamento das Atividades Complementares. Para o referido curso haverá um teto de aproveitamento, ou seja, apenas algumas horas desse curso serão efetivamente aproveitadas e contabilizadas no processo. Digamos que para esse curso de 300h o teto máximo de aproveitamento é de 50h. Nesse caso, apenas esse certificado de 300h não basta para o deferimento do processo. Serão necessários outros certificados que possam, após a soma de aproveitamento, chegar às 200h necessárias. Esse é o motivo pelo qual pedimos que os alunos enviem, de uma só vez, todos os certificados e declarações de atividades realizadas no decorrer da vida acadêmica. Documentos enviados separadamente correrão o risco de fazer parte de dois ou mais processos, aumentando assim a chance de ter o pedido de aproveitamento indeferido, pois a análise será feita processo a processo.

Outro exemplo: assim como não atingirá às 200 horas em atividades complementares o aluno que apresentar certificações apenas em um grupo de atividades, como a participação em palestras. Mesmo que as certificações reunidas somem 400 horas, por exemplo, de: participação em palestras, seminários, congressos e eventos em geral, será apenas contabilizada o teto máximo para esse grupo de atividades, ou seja, 32 horas, como refere o item III, do Art. 5º da Resolução Nº 07/CEPE/2005: “Atividades de participação e/ou organização de eventos: até 32 horas para o conjunto de atividades”. Para o aluno contabilizar as 200 horas em atividades complementares, ele deverá participar de atividades que contemplem, pelo menos, 3 grupos listados no Art. 5º da referida Resolução.

 

MAIS SOBRE ATIVIDADES COMPLEMENTARES:

VEJA TAMBÉM O MATERIAL AUDIOVISUAL:

Tudo o que você precisa saber sobre: Atividades Complementares

29 thoughts on “O que são Atividades Complementares?

  1. Boa tarde! Vou para o 9º semestre do curso de Letras inglês EAD e gostaria de saber se cursos de línguas feitos no IMPARH (PREFEITURA) valem como atividade complementar ou apenas os cursos das Casas de Cultura.

    1. Olá, Maria de Lourdes. Todo curso de língua, desde que emita certificado ou declaração, pode ser somado às atividades complementares. As atividades não estão limitadas a iniciativas da UFC, ok? Qualquer atividade, de qualquer instituição (privada, pública ou ONGs), dentre as relacionadas na Resolução nº 07, são válidas.

  2. Meu curso é de inglês, mas gostaria de saber se aceitam certificado de um curso de atualização ortográfica da língua portuguesa, tenho também uma participação de comissão para eleição do diretor da instituição de ensino onde trabalho, acho que ela se encaixa em participação na organização de eventos.

    1. Olá, Katia Maria. Todo curso ou atividade que se encaixe nas áreas previstas na Resolução nº 07, desde que emita certificado/ declaração, com os dados especificados acima, são válidos. Em caso de dúvida, consulte a coordenação ou secretaria do seu curso.

  3. Boa tarde! Para o curso de Letras Inglês, cursos de outras línguas como italiano e francês contam como atividade complementar?

    1. Olá, Maria de Lourdes. Atividades que engrandeçam a sua formação profissional e pessoal, desde que emitam certificado/declaração e encaixa-se em uma das áreas da Resolução nº 07, são válidas. Essas atividades não precisam ser necessariamente na área da sua formação. Em caso de dúvida, consulte a coordenação ou secretaria do seu curso. Na página do seu curso (em documentos e formulários) também há especificação mais detalhada sobre considerações e pontuações das atividades complementares direcionadas a sua área: http://www.ead.ufc.br.

  4. Olá, existe algum curso online que pode ser considerado ativ. complementar? Ele tem que ser específico obrigatoriamente para minha área? Se sim, vocês poderiam disponibilizar um site oficial que ofereça tal curso?

    1. Olá, Ully. As atividades complementares são de responsabilidade dos alunos de acordo com os interesses de cada estudante. Qualquer atividade que acrescente a sua formação profissional e pessoal, desde que emita certificado/declaração e encaixe-se em uma das áreas da Resolução nº 07, é válida, tanto on-line como presencial.

    1. Olá, Rosângela. O ideal é que você não tenha apenas certificados de 10 horas para completar as atividades. Como especificado nas informações acima, é necessário realizar atividades em áreas variadas.

  5. Bom dia, fiz algumas disciplinas como atividades complementares no próprio solar. No caso – A história dos símbolos matemáticos, Cálculo numérico, Funções e modelagens. Elas contabilizam horas para atividade complementar?

    1. Olá, Marcos Antonio. Disciplinas da sua matriz curricular, mas não obrigatórias, contabilizam como disciplinas optativas e não em atividades complementares, ok?

    1. Olá, Iasmin. Depende do curso, da carga horária dele… tudo está especificado na Resolução 07 (nesta matéria acima) e, se seu curso possuir, especificações próprias de aproveitamento das atividades. Saiba mais em: Documentos e Formulários, na página do seu curso, em http://www.ead.virtual.ufc.br.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *