De aluno a professor. Diogo Rocha foi aluno de Letras EAD e hoje é tutor no polo de Camocim

(Na foto: Diogo Rocha, ao centro, e a prof. Samira Leão, à direita, tutora da disciplina Língua Espanhola 1B - Compreensão e Produção Escrita, e alunos de Letras Espanhol do Polo de Camocim)

 

 

Aprovado este semestre para a função de tutor presencial do curso de Letras Espanhol, no Polo de Camocim, Diogo Rocha ingressou em 2012 como aluno na modalidade de Educação a Distância (EAD) e concluiu ano passado o curso de Letras Português. Não deu tempo nem de sentir saudade do polo e este ano retorna a ele como educador.

Diogo não tinha outro curso superior nem a intimidade com a modalidade, mas o interesse pela área de Letras foi o suficiente para aproveitar a oportunidade. A experiência de ser aluno EAD, para ele, foi maravilhosa e oportuna. Segundo ele, “conheci pessoas e professores incríveis. Posso dizer que a EAD nos dá uma liberdade de expressão e gerenciamento de tempo e rotina muito positivos”.

Para quem está a 361 km de distância da capital, como é o caso de Camocim, seria inviável investir em uma graduação presencial em um grande centro urbano e continuar morando no município. A iniciativa do Sistema Universidade Aberta do Brasil (UAB) em parceria com as instituições públicas de educação foi exatamente oferecer educação superior de qualidade às mais diversas regiões do país sem precisar que o aluno saia de suas cidades e depois de formado, ainda contribua para o desenvolvimento delas.

Agora como tutor, ele tem a função de educar e repassar todos os conhecimentos teóricos que absorveu, mas principalmente compartilhar os conhecimentos práticos, experiências e vivências na EAD. A Educação a Distância exige bastante autonomia, disciplina e comprometimento do aluno para que ele tenha um bom rendimento.

Diogo Rocha é apenas um representante de tantos outros alunos e ex-alunos UAB/UFC que estão ou passaram pela EAD e souberam aproveitar as oportunidades. Tantos outros passaram em concursos públicos ou empreenderam na sua área e em seus municípios provando que a EAD é uma modalidade legítima e promissora. No entanto, é necessário se adaptar ao perfil.

“A dica que eu deixo para os alunos que estão ingressando agora é que perseverem, persistam e aproveitem todo o suporte que a UFC nos dá, pois ao final do curso vão perceber que todo o esforço é transformado em sucesso. O caminho é longo, mas tudo vai valer a pena”, ressalta Diogo.

 

Trajetória de Diogo Rocha:

"Eu fiz o vestibular da UFC em dezembro de 2011. Na época a concorrência era enorme, pois havia 13 pra 1 vaga. Ao passar as 2 etapas, eu consegui ficar em 9° lugar e daí começou a longa jornada. Muitas pessoas importantes passaram pela minha vida acadêmica e estas eu gostaria de destacar: meus colegas da turma de Letras Português 2012.1, em especial, Janaína, Jozi e Natali. Minha tutora presencial, Irene Pereira, e os professores brilhantes da Universidade Federal do Ceará, em destaque a professora Márcia Mesquita de Araújo, que me deu todo apoio e fez com que eu me apaixonasse cada vez mais pelo curso".

 

Quem somos

A Universidade Federal do Ceará-UFC tem experiência de mais de 40 anos na oferta de cursos de graduação e pós-graduação, pesquisa e extensão.
Com excelente conceito junto à...   Leia mais

Parcerias